20 de mai de 2011

Viver uma verdade

Postado por 冥王 せつな às 12:45
Estamos acompanhando a luta pela dignidade do amor, não um amor que sai de uma fôrma de bolo, mas um amor verdadeiro que realmente saia do coração, do espírito.
É de se pensar nos motivos de algumas pessoas que se dizem cristãs não aceitarem o amor entre pessoas do mesmo sexo, afinal o coração do evangelho de Jesus está nas boas aventuranças, certo? E por que tanto ódio e julgamento se o próprio Jesus nos disse para não julgarmos e ainda destaca o mandamento do amor?
E há quem diga que a união homoafetiva pode prejudicar a família, será? Será que a pessoa ao poder escolher com quem irá viver sua vida, estará prejudicando alguém? Ou será que estará sendo sincera consigo mesma e com a vida em sua totalidade?
Será que o que prejudica a família não são os milhares de divórcios, traições e falta de planejamento familiar? Estar com alguém por uma pressão social ou outra, que não seja a verdadeira vontade e escolha de estar junto com quem se ama, isso sim é prejudicial.
O que prejudica a vida é esse ódio pelo diferente, quando os odiosos irão entender que somos filhos da diversidade, desse planeta Terra que nos acolhe sem preconceitos? Devemos lembrar que viver uma verdade é viver amorosamente.

Fernando Coura Assis - Meiou Setsuna

2 comentários on "Viver uma verdade"

Profundos Conhecimentos on 20 de mai de 2011 17:55:00 disse...

Querida, a inveja e a intolerância. As pessoas que são infelizes e acabam criando essa distancia entre as pessoas, pois assim comO tem aquelas que são raivosas tem as que tem medo, isso que traz esses distanciamento, já que ninguém quer entender essas diferenças e nem aceitar elas. Nao estou falando de uma inclusão, pois ela jamais vai acontecer se nao houver uma mudança no pensamento da sociedade.

Meiou Setsuna on 25 de mai de 2011 12:14:00 disse...

Essa carta foi publicada no jornal Cruzeiro do Sul de hoje 25/05/2011 :)

 

Luz de Abajur Copyright 2009 Sweet Cupcake Designed by Ipiet Templates Image by Tadpole's Notez