15 de dez de 2018

Ecos

Postado por Fernando Assis às 13:39 0 comentários

Mais Psicanálise

Postado por Fernando Assis às 13:31 0 comentários


Mais Psicanálise por favor!
Conheça nosso site profissional:
https://espacooptimus.wixsite.com/clinicapsico
Instagram profissional: @espacooptimus

Instagram pessoal: @meiousetsuna

4 de mar de 2018

Encontro

Postado por Fernando Assis às 16:32 0 comentários
Finalmente ele havia me notado e me convidou para um encontro. Tomei um banho caprichado, cortei as unhas dos pés, escovei bem os dentes, cantarolei enquanto vestia minha melhor camisa e tirei do fundo do armário aquele perfume para ocasiões muito especiais. Depois de tanto tempo, eu que antes era desconhecido, estava tendo um encontro comigo mesmo.

22 de ago de 2017

A desvalorização da Pedagogia

Postado por Fernando Assis às 15:44 0 comentários
O descaso com a Pedagogia vem crescendo e muitas vezes esse descaso é potencializado pelo próprio profissional quando aceita certas coisas calado. Quando estava em sala de aula, muitas vezes escutava: "Fernando, terminando suas aulas vc não ajuda a decorar a escola? Época de Halloween por exemplo - Temos que encher bexigas, fazer morcegos, abóboras, etc..." Eu dizia não, que era péssimo em atividades manuais e a resposta do outro era quase automática: "Mas vc não é Pedagogo?" .. e eu respondia com orgulho que SIM, que estudei pra lecionar e coordenar o que diz respeito a educação, e que não tinha estudado pra encher bexigas, etc. A mesma coisa sobre frequentar a escola em finais de semana - essa não era minha função e não participava mesmo. Chegava segunda e a sala dos professores cheia de profs cansados, dizendo que foram na escola no fim de semana e que estavam ansiosos por férias. Eu por outro lado, cumpria meu horário com aulas (planejadas no meu fim de semana tranquilo), cuidava de mim, do meu relacionamento, da minha casa, dos meus jogos de videogame, dos meus animes, dos meus estudos e também do meu trabalho -- jamais somente do meu trabalho. Quando você for encher bexiga, lembre-se que o médico ou o advogado não fazem isso, e olha só, eles estudaram assim como vc, a diferença é a valorização que cada um dá pra si mesmo.

12 de jul de 2017

Festa

Postado por Fernando Assis às 12:23 0 comentários
Se nós nascêssemos e virássemos a cabeça em 360 graus, a ciência como sempre, colocaria uma explicação acabando com a euforia natural do desconhecido, já a religião criaria um mito sobre o nosso nascimento. As duas seriam apoiadas, já que não sabemos lidar com a festa caótica do universo.

8 de jul de 2017

Por onde anda?

Postado por Fernando Assis às 12:14 0 comentários

24 de jun de 2017

Luz de Abajur continua no Youtube :)

Postado por Fernando Assis às 21:34 0 comentários
Queridos, vamos continuar trocando ideias e compartilhando coisas que nos acrescentem, mas dessa vez no Youtube, acesse e siga o nosso canal:
Luz de Abajur
Esse canal é realmente nosso, ou seja, podem escrever, comentar, sugerir, etc... esteja sempre a vontade, ok? Vejo vocês lá, vamos deixar a luz do abajur continuar iluminando :)


19 de dez de 2015

As espinhas mais bonitas que já vi

Postado por Fernando Assis às 14:17 0 comentários


Povo bonito, estou meio sumido do Luz de Abajur, mas ainda estou escrevendo 


Venha conhecer o meu livro que estou escrevendo e publicando diretamente na página do Facebook:



https://www.facebook.com/asespinhasmaisbonitasquejavi/




Desde já agradeço, essa história faz parte de mim assim como esse blog amado. Ainda continuarei escrevendo aqui mas agora estou realmente focado nesse projeto. 

Posso te fazer um convite?

Vem viver essa história de amor junto comigo? :)




♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ 


3 de mai de 2014

Desastrado ou desatento?

Postado por Fernando Assis às 23:54 2 comentários
Enquanto caminha, você se acha desastrado, mas na verdade existem buracos nas ruas.

29 de dez de 2013

As Prateleiras Sociais

Postado por Fernando Assis às 17:25 1 comentários

Rapidamente estacionei o carro, sem delongas, na primeira vaga que avistei na frente do maior mercado da cidade. Saí do carro, tranquei a porta trêmulo, havia acabado de terminar meu relacionamento com minha mulher. Entrei, e logo avistava o que eu almejava, nas prateleiras do corredor central, sem me importar muito com o preço, agarrei ainda com a mão trêmula.
Procurando o caixa, avistei outros produtos do mesmo gênero, claro, com outras especificações, fiquei tentado, e ao pensar em pensar, já havia um vendedor com sorriso amarelo me oferecendo um outro modelo.
- Meu caro, tenho aqui o que você precisa.
- Olha, valeu mesmo, mas eu já peguei esse aqui na prateleira central, e dá uma olhada, é válido por 4 meses.
- Hahaha, 4 meses?Não mesmo, o nosso além de valer 2 meses, que é o tempo normal de qualquer produto dessa linha, aceita troca, nem precisa trazer na loja, você procura pelo próprio site, outro melhor.Ah, e já vem com uma pintura intacta, pra ninguém botar defeito.
- Ah, então fechou! Esse produto pode ser usado a noite? Adoro baladas com os amigos , e quero poder usar muito a noite, até como enfeite, o meu antigo tinha a audácia de pensar em sua própria vontade e me livrei rapidamente.
- Pode usar, sem problemas, os humanos de hoje em dia já são programados pra seguirem as coisas determinadas, claro, senão eles serão excluídos, serão considerados fora de linha. Pra serem os melhores produtos no mercado, não se pode pensar.
- Eu levo!

17 de nov de 2013

Holocausto Animal

Postado por Fernando Assis às 21:01 0 comentários

Enquanto eles sofrem, eu não posso levar na brincadeira, ou de um jeito leviano.
Tenho que continuar meu ativismo, afinal não sou especista e sei que eles são meus irmãos, animais como eu também sou, sentem frio, fome, alegria e amor.
Justificar a liberdade roubada desses irmãos animais, é fortalecer o egoísmo e o abismo humano.

Adequado para vegetarianos e para o resto da população

Postado por Fernando Assis às 17:16 3 comentários
Leitores queridos, peço desculpas pela demora de novas postagens, mas aqui estou de volta. Bem, o assunto de hoje é o seguinte: eu vim estudar na Europa e me deparei com algo extremamente curioso, a diferença absurda da comida vendida no mercado europeu e brasileiro. Por exemplo, aqui na Europa se encontra deliciosas comidas vegetarianas e baratas, a qualidade da comida vendida no supermercado europeu é extremamente superior ao brasileiro, e aqui existe uma real preocupação e um respeito enorme pelos vegetarianos, e é claro para o resto da população, mas qual o motivo desse abismo de diferença em relação ao Brasil? Por exemplo, a Nestlé e a Knorr, tem produtos na Europa e no Brasil, mas na Europa a qualidade do produto é boa, é consumível, já no Brasil é um lixo com corantes, glutamato monossódico e os artificiais que no final podem gerar um câncer nos consumidores. Talvez a população de certos países desenvolvidos entendam que a saúde é o nosso bem mais precioso, enquanto no Brasil ainda é uma piada sem sentido quando se sugere um maior respeito aos vegetarianos, ou uma maior preocupação com o que se come. Vegetarianos e veganos caretas? Pode ser, mas inteligentes...isso não se pode negar.


Lasanha vegana da Linda McCartney



Leve, com um aroma irresistível ;) 


Deliciosa :)



 Nesquick, tanto o de morango, como o de chocolate, existe o aviso verde, já no Brasil...



 Suco comum de maçã, com o selinho Suitable for Vegetarians - ''Apropriado para Vegetarianos''



Caldo de Legumes Tesco, sem conservantes, sabores ou cores artificiais, e claro com o selinho mostrando o respeito com os vegetarianos




Aí está o Knorr da Europa, não tem glutamato monossódico, nem conservantes artificiais, dá uma olhada no caldo Knoor brasileiro e pense antes de comprar ;]


Muito bem Knorr, tirou todo o lixo e veneno do seu produto e joga pra população que não se importa com isso né?Muito bem :)



 Molho comum, vamos ver a diferença?


 Perceberam?



Até o sal tem o selinho -- suitable for vegetarians :D


 E esse biscoito de chocolate comum?


 Também tem :)



17 de jul de 2013

Direito de viver

Postado por Fernando Assis às 11:53 1 comentários

Anos atrás, minha melhor amiga Ângela me falou do vegetarianismo.
Foi aí que com pesquisas e pensando sobre o assunto que eu decidi nunca mais colaborar com a matança e a hipocrisia de ''amar'' comendo os animais, porque quem ama, sabe do sofrimento deles no matadouro e não colabora comprando seus cadáveres.
Alguns me falaram das plantas, mas é claro que se esses alguns estudassem mais, perceberiam que enquanto os animais sofrem, gritam e choram, as plantas não tem sistema nervoso.Uma maçã cai naturalmente da árvore, e os animais, o sangue e as lágrimas derramadas?
Por isso estou realmente orgulhoso em estar bem comigo mesmo e com a harmonia desse planeta, 8 anos sendo vegetariano!Afinal o ser humano não é a única espécie animal que nasceu aqui, todos temos o direito de viver :)

 

Luz de Abajur Copyright 2009 Sweet Cupcake Designed by Ipiet Templates Image by Tadpole's Notez