29 de dez de 2013

As Prateleiras Sociais

Postado por 冥王 せつな às 17:25

Rapidamente estacionei o carro, sem delongas, na primeira vaga que avistei na frente do maior mercado da cidade. Saí do carro, tranquei a porta trêmulo, havia acabado de terminar meu relacionamento com minha mulher. Entrei, e logo avistava o que eu almejava, nas prateleiras do corredor central, sem me importar muito com o preço, agarrei ainda com a mão trêmula.
Procurando o caixa, avistei outros produtos do mesmo gênero, claro, com outras especificações, fiquei tentado, e ao pensar em pensar, já havia um vendedor com sorriso amarelo me oferecendo um outro modelo.
- Meu caro, tenho aqui o que você precisa.
- Olha, valeu mesmo, mas eu já peguei esse aqui na prateleira central, e dá uma olhada, é válido por 4 meses.
- Hahaha, 4 meses?Não mesmo, o nosso além de valer 2 meses, que é o tempo normal de qualquer produto dessa linha, aceita troca, nem precisa trazer na loja, você procura pelo próprio site, outro melhor.Ah, e já vem com uma pintura intacta, pra ninguém botar defeito.
- Ah, então fechou! Esse produto pode ser usado a noite? Adoro baladas com os amigos , e quero poder usar muito a noite, até como enfeite, o meu antigo tinha a audácia de pensar em sua própria vontade e me livrei rapidamente.
- Pode usar, sem problemas, os humanos de hoje em dia já são programados pra seguirem as coisas determinadas, claro, senão eles serão excluídos, serão considerados fora de linha. Pra serem os melhores produtos no mercado, não se pode pensar.
- Eu levo!

1 comentários on "As Prateleiras Sociais"

Lauzem on 29 de dez de 2013 17:58:00 disse...

Pensar está fora de moda.

 

Luz de Abajur Copyright 2009 Sweet Cupcake Designed by Ipiet Templates Image by Tadpole's Notez